FANDOM


Anime | Manga
Sistema R.jpg
Torre do Paraíso
Kanji

楽園の塔

Rōmaji

Rakuen no Tō

Estatísticas da Localização
Localização

Earth Land

Governo

Jellal Fernandes (antigamente)

Estreia
Manga Estreia

Capítulo 77

Anime Estreia

Episódio 33


A Torre do Paraíso (楽園の塔 Rakuen no Tō), conhecida também como Sistema-R, é uma estrutura mágica proibida[1] que pode ser usada para restaurar a vida de uma pessoa morta.[2]

LocalizaçãoEditar

A Torre do Paraíso localizava-se, antes de sua destruição, em uma pequena ilha na costa do Reino Caelum, ao sul de Fiore.[3]

DescriçãoEditar

A Torre do Paraíso, ou Sistema-R, é uma estrutura mágica que permite que a vida de uma pessoa morta possa ser restaurada ao custo de outra vida.[2] Na busca da proteção do equilíbrio Mágico, a construção da estrutura foi proibida pelo Conselho Mágico desde os tempos remotos. Apesar disso, um determinado culto que desejava reviver Zeref começou a construí-la alguns anos antes do ano X776. O culto sequestrou crianças e adultos e os forçou a escravidão para construir a torre[4]; contudo, através dos esforços de Erza Scarlet[5][6], que era uma escrava, o culto foi destruído. Entretanto, Jellal Fernandes, que era um colega de Erza, estava possuído e, após chantagear Erza e expulsá-la da Torre, recomeçou a construção da mesma[7]. No ano de X784, ele havia concluído a Torre e estava prestes a usá-la e, sendo que ele precisava de uma pessoa com grande Poder Mágico para realizar a troca de vidas, ele escolheu Erza Scarlet como sacrifício para reviver Zeref.[8]

HistóriaEditar

Originalmente, o Sistema-R foi projetado por Zeref para trazer de volta à vida seu falecido irmão mais novo. Ele foi, porém, dissuadido a abandonar essa ideia por seus professores da Academia de Magia de Mildian, uma vez que eles consideravam o colossal gasto de energia necessário e o sacrifício humano inviáveis para a realização do projeto.[9]

400 anos depois, o Sistema-R mostrou-se como sendo uma grande torre e era usada por Magos das Trevas para tentar reviver o Mago Negro mais poderoso da história, Zeref. Um culto que venerava as Artes das Trevas investiu uma grande quantia em dinheiro para iniciar essa torre. Originalmente, o Sistema era composto por 7 torres, mas o Conselho Mágico conseguiu erradicá-las, embora tenha falhado em localizar e destruir a 8ª torre, na costa do Reino Caelum.[10] Em prol de acelerar a construção, o culto raptou muitas crianças para escravizá-las e usá-las no trabalho braçal[11], conferindo a elas condições sub-humanas de existência.[12]

No ano de X776, uma revolta dos escravos levou à extinção do culto. Tudo começou quando uma criança escrava chamada Erza Scarlet foi punida ao ser flagrada liderando um esquadrão de fuga. A tortura sobre ela chegou a tal ponto que ela perdeu seu olho. Um jovem escravo amigo dela, Jellal Fernandes, foi a seu socorro e a resgatou, mas foi capturado no processo, o que levou à revolução liderada pela menina.[13] Depois de ela ter derrotado as tropas do culto,[5] Jellal já havia sido possuído por Ultear Milkovich e, então, ele a chantageou e a forçou a abandonar a torre sem libertar os outros escravos, embora ele os tenha conservados sob condições muito melhores de vida. Jellal, finalmente, deu continuidade ao plano de reviver Zeref.[14]

Poderes & HabilidadesEditar

Anime | Mangá

Sistema R Final.jpg

Forma Final

Sistema Ressurreição: Como sugere o nome completo do Sistema-R, essa estrutura possui a capacidade de restaurar a vida de qualquer pessoa morta.[2] Contudo, o uso dessa habilidade requer um preço altíssimo: primeiramente, é necessário uma quantidade absurdamente grande de Poder Mágico para completar o processo, quantidade essa que é impossível de ser produzida por um Mago - daí a necessidade de extrair a energia do Etherion, uma arma mágica pertencente ao Conselho Mágico.[15][16] Após receber essa energia, a estrutura entra em sua forma final, mostrando-se como uma Lacrima cristalina gigantesca.[17][18] Porém, ainda é necessário a segunda parte da ativação: um sacrífico humano, haja vista que o dispositivo funciona baseado na ideia de "uma vida por outra". A pessoa que será sacrificada tem que possuir um nível de Poder Mágico equiparável ao dos Dez Magos Santos,[19] para que o corpo possa se fundir com a Lacrima e ser decomposto, apenas para ser reconstruído novamente no corpo da pessoa revivida pelo Sistema-R.[20]

PrisioneirosEditar

Eventos NotáveisEditar

DestruiçãoEditar

Erza derrota Jellal.png

Erza prestes a matar Jellal.

Após Erza Scarlet retornar à Torre anos depois de ter deixado, ela e seus amigos derrotam os guardas de Jellal e os dois amigos de infância se enfrentam, com Erza detendo a vantagem da luta. Quando ela o encurrala no chão, ela afirma que pretende morrer ali junto com ele sob a luz do Etherion, e, apesar de tudo, eles se abraçam. Porém, quando o Etherion atinge a Torre e eles continuam vivos, Jellal usa seu feitiço Cobra Cega para restringir os movimentos da garota e explicar seu plano para ela. Jellal então prossegue com o sacrifício, enfiando o corpo de Erza nas paredes de Lacrima da torre, mas é impedido por Natsu Dragneel.[21] Após Jellal ser derrotado, Erza tenta se fundir com a Lacrima para estabilizar a torre, mas já era tarde e ela acaba explodindo, levando à completa destruição do Sistema-R.[22]

LutasEditar

Diferenças do Anime/MangáEditar

A diferença entre a Torre do Paraíso no anime e no mangá é nítida em ambas as formas: pré-Lacrima e estágio final. No artigo consta as imagens diferenciando as estruturas.

CuriosidadesEditar

  • O kanji (楽園の塔) permite duas interpretações para o nome: Torre do Paraíso e Torre do Céu. Como a tradução que se mantém mais fiel é a Torre do Paraíso, este foi o nome determinado como oficial para a estrutura.

ReferênciasEditar

  1. Fairy Tail Mangá: Capítulo 78, Página 4
  2. 2,0 2,1 2,2 Fairy Tail Mangá: Capítulo 88, Páginas 7-8
  3. Fairy Tail Mangá: Capítulo 78, Página 3
  4. Fairy Tail Mangá: Capítulo 80, Página 14
  5. 5,0 5,1 Fairy Tail Mangá: Capítulo 81, Páginas 9-20
  6. Fairy Tail Mangá: Capítulo 82, Páginas 2-4
  7. Fairy Tail Mangá: Capítulos 82, Páginas 14-17
  8. Fairy Tail Mangá: Capítulos 75-78
  9. Fairy Tail Mangá: Capítulo 436, Páginas 5-7
  10. Fairy Tail Mangá: Capítulo 78, Páginas 2-3
  11. Fairy Tail Mangá: Capítulo 80, Página 14
  12. Fairy Tail Mangá: Capítulo 80, Página 14
  13. Fairy Tail Mangá: Capítulo 80, Páginas 14-22
  14. Fairy Tail Mangá: Capítulo 82, Páginas 2-19
  15. Fairy Tail Mangá: Capítulo 94, Página 10
  16. Fairy Tail Mangá: Capítulo 93, Página 9
  17. Fairy Tail Mangá: Capítulo 94, Página 9
  18. Fairy Tail Anime: Episódio 39
  19. Fairy Tail Mangá: Capítulo 97, Página 10
  20. Fairy Tail Mangá: Capítulo 95, Página 9
  21. Fairy Tail Mangá: Capítulos 93-95
  22. Fairy Tail Mangá: Capítulos 95-100

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória